NFT: O Que é e Como Funciona

03 agosto 0 Comentários

NFT

O Que é e Como Funciona


Nos últimos anos, um novo tipo de ativo digital surgiu no mercado: o NFT. A sigla significa “Non-Fungible Token” (ou token não-fungível, em português) e representa um objeto digital único, que pode ser comprado, vendido e possuído, como uma obra de arte ou um item colecionável. Mas, afinal, o que é um NFT e como ele funciona?

NFT
Imagem Freepik

1 - O Que é NFT

Um NFT é um tipo de token que é registrado em uma blockchain, que é uma espécie de livro-razão digital descentralizado e seguro.

Ele representa a propriedade de um objeto digital específico, como uma imagem, um vídeo ou uma música. Cada NFT é único e é identificado por um código exclusivo, que garante sua autenticidade e propriedade.

Diferentemente dos tokens fungíveis, como as criptomoedas, que são intercambiáveis e têm o mesmo valor, os NFTs são únicos e têm um valor próprio, baseado em sua raridade, autenticidade e valor cultural ou artístico.

NFT é a sigla para Non-Fungible Token, ou seja, um token não-fungível em português. Um NFT é um ativo digital único e indivisível, que é armazenado em uma blockchain, como Ethereum.

Esses tokens permitem que os criadores de conteúdo, como artistas, músicos, designers e outros, vendam sua propriedade intelectual na forma de ativos digitais únicos, que são verificáveis, exclusivos e não podem ser duplicados ou falsificados.

Os NFTs são úteis porque fornecem uma forma de autenticar e rastrear a propriedade de ativos digitais. Em outras palavras, eles permitem que os criadores protejam e monetizem seu trabalho, permitindo que seus fãs e colecionadores comprem e possuam uma parte única e exclusiva de sua arte.

NFT o que é
Imagem Freepik

NFTs são particularmente populares em setores criativos, como arte digital, música, jogos e esportes, onde a propriedade única de itens digitais tem um valor intrínseco significativo.

Os NFTs têm sido bastante comentados na mídia recentemente devido a algumas vendas de alto valor, incluindo um NFT de um tweet de Jack Dorsey, CEO do Twitter, que foi vendido por mais de US $ 2,9 milhões, bem como um NFT de uma obra de arte digital do artista Beeple, que foi vendido por mais de US $ 69 milhões em um leilão da Christie’s.

Como resultado, muitas pessoas estão se interessando pelo mundo dos NFTs e começando a explorar como eles podem ser usados para proteger e monetizar seu próprio trabalho criativo.

Em resumo, NFTs são tokens digitais exclusivos e verificáveis que permitem que os criadores protejam e monetizem seu trabalho criativo. Eles têm sido particularmente populares em setores criativos, onde a propriedade exclusiva de itens digitais tem um valor intrínseco significativo.

2 - O Que é Blockchain

Blockchain é uma tecnologia de registro distribuído que permite a criação de um registro seguro, transparente e imutável de transações e dados.

Basicamente, é uma espécie de banco de dados distribuído que é compartilhado entre várias partes, sem que haja um intermediário central para controlar ou validar as transações.

O funcionamento do blockchain é baseado em uma rede de nós ou computadores interconectados que trabalham em conjunto para validar e registrar as transações. 

Cada transação é armazenada em um bloco criptografado, que é adicionado a uma cadeia de blocos (ou blockchain) que é compartilhada por toda a rede. Esses blocos contêm um registro criptografado e inviolável das transações que ocorreram em um determinado período de tempo.

NFT - Blockchain
Imagem de Graphue - Freepik

Uma das principais vantagens do blockchain é que ele é altamente seguro e resistente a alterações, pois cada bloco é criptografado e vinculado ao bloco anterior, formando uma cadeia inquebrável.

Além disso, como a rede é distribuída, não há um único ponto de falha ou controle centralizado que possa ser comprometido. Isso torna o blockchain uma opção atraente para a criação de registros de transações seguras e transparentes em setores como finanças, saúde, imobiliário, entre outros.

Outra vantagem do blockchain é que ele permite a criação de contratos inteligentes, que são programas autônomos que executam automaticamente os termos de um contrato.

Esses contratos são escritos em código e são executados na blockchain, o que significa que eles são altamente seguros e podem ser facilmente auditados por todas as partes envolvidas.

Em resumo, blockchain é uma tecnologia de registro distribuído que permite a criação de um registro seguro, transparente e imutável de transações e dados.

Ele é altamente seguro e resistente a alterações, o que o torna uma opção atraente para a criação de registros de transações seguras e transparentes em setores como finanças, saúde e imobiliário, entre outros.

Além disso, permite a criação de contratos inteligentes, que são programas autônomos que executam automaticamente os termos de um contrato.

3 - O Que é Um Token

Um token é um ativo digital que é emitido e registrado em uma blockchain. Em termos gerais, pode-se dizer que um token é uma unidade de valor que representa um determinado ativo ou utilidade, e que pode ser negociada ou transferida através da blockchain.

Os tokens são frequentemente utilizados como parte de uma oferta inicial de moedas (ICO) ou oferta inicial de tokens (ITO), que é uma forma de financiamento coletivo que permite que as empresas levantem capital por meio da emissão de novos tokens.

NFT - Token
Imagem de pikisuperstar - Freepik

Além disso, os tokens podem ser usados para representar uma ampla gama de ativos, como ações, commodities, imóveis, entre outros, ou para fornecer acesso a produtos ou serviços.

Existem vários tipos de tokens, cada um com suas próprias características e funcionalidades. Os tokens de segurança (security tokens) são tokens que representam uma participação em um ativo, como ações ou títulos, e geralmente são regulamentados pelas leis de valores mobiliários.

Já os tokens de utilidade (utility tokens) são tokens que são usados para acessar produtos ou serviços específicos, e não representam uma participação em um ativo.

Outros tipos de tokens incluem tokens de governança (governance tokens), que permitem que os detentores influenciem nas decisões de uma organização ou rede, e tokens de pagamento (payment tokens), que são usados para realizar pagamentos em uma determinada rede ou plataforma.

Os tokens são armazenados em carteiras digitais, que podem ser acessadas por meio de uma chave privada criptografada. Essas carteiras permitem que os usuários gerenciem seus tokens e realizem transações de forma segura e fácil.

Em resumo, um token é um ativo digital registrado em uma blockchain, que pode ser negociado ou transferido para representar um determinado ativo ou utilidade.

Existem vários tipos de tokens, cada um com suas próprias características e funcionalidades, e eles são armazenados em carteiras digitais que podem ser acessadas por meio de uma chave privada criptografada.

4 - Como Surgiu O NFT

NFT como surgiu
Imagem Freepik

Os NFTs (Non-Fungible Tokens) surgiram em meados de 2017, mas foi em 2021 que ganharam grande popularidade e notoriedade, principalmente com a venda de um NFT da obra de arte digital “Everydays: The First 5000 Days” do artista digital Beeple, por US$ 69 milhões.

Os NFTs são uma evolução dos tokens, que surgiram com o desenvolvimento da tecnologia blockchain e têm sido utilizados como uma forma de representar ativos digitais, como moedas criptográficas ou mesmo títulos financeiros.

A principal diferença entre um token e um NFT é que os NFTs são únicos e não são intercambiáveis, enquanto os tokens são fungíveis e podem ser trocados por outros tokens de igual valor.

Os NFTs foram criados como uma forma de representar e vender ativos digitais exclusivos, como obras de arte digitais, vídeos, músicas, entre outros.

Cada NFT é registrado em uma blockchain, o que garante sua autenticidade e exclusividade. Dessa forma, os NFTs permitem que os criadores de conteúdo digitais possam vender suas obras de arte de forma exclusiva e rentável, sem a necessidade de intermediários.

O crescimento do mercado de NFTs tem sido impulsionado pelo interesse de colecionadores e investidores em ativos digitais exclusivos e raros.

Além disso, os NFTs têm atraído a atenção de grandes empresas e celebridades, que têm criado seus próprios NFTs para comercialização.

5 - O Qué é Criptomoeda

NFT - Criptomoeda
Imagem de iuriimotov - Freepik

Criptomoeda é uma forma de dinheiro digital que utiliza a criptografia para garantir a segurança das transações e controlar a criação de novas unidades.

As criptomoedas são baseadas em tecnologia blockchain, que é um registro digital descentralizado e seguro que mantém um histórico de todas as transações realizadas com a moeda, como já tratado acima.

A primeira e mais conhecida criptomoeda é o Bitcoin, que foi criado em 2009 por um indivíduo ou grupo de pessoas conhecido pelo pseudônimo de Satoshi Nakamoto. Desde então, várias outras criptomoedas surgiram, cada uma com suas próprias características e funcionalidades.

As criptomoedas funcionam como dinheiro digital descentralizado, ou seja, não são controladas por nenhuma instituição financeira ou governo central.

As transações são realizadas diretamente entre as partes, sem a necessidade de intermediários, como bancos ou empresas de processamento de pagamento. Isso torna as transações mais rápidas e baratas, além de oferecer maior privacidade e segurança.

Para usar criptomoedas, é necessário ter uma carteira digital, que funciona como uma espécie de conta bancária. As carteiras digitais permitem que os usuários enviem e recebam criptomoedas, e são protegidas por chaves privadas criptografadas.

Uma das principais características das criptomoedas é a sua oferta limitada. A maioria das criptomoedas tem uma quantidade máxima definida que pode ser criada, o que evita a inflação e a desvalorização da moeda.

Além disso, as criptomoedas são altamente divisíveis, o que significa que é possível comprar e vender quantidades muito pequenas, o que torna a moeda acessível a todos, independentemente de sua renda.

6 - NFT e Arte

NFT e arte
Imagem Freepik

Os NFTs (Non-Fungible Tokens) têm sido um grande assunto no mundo da arte digital, abrindo novas possibilidades para artistas e colecionadores.

Os NFTs permitem que obras de arte digitais sejam registradas e vendidas como ativos exclusivos, garantindo sua autenticidade e exclusividade. Dessa forma, para os artistas, os NFTs podem representar uma nova forma de monetizar suas obras de arte digitais.

Pois, com os NFTs, os artistas podem vender suas obras de arte digitais de forma exclusiva, sem a necessidade de intermediários, como galerias de arte ou empresas de licenciamento de imagens.

Isso significa que os artistas podem manter maior controle sobre suas obras de arte e receber uma porcentagem maior do valor de venda.

Para os colecionadores, os NFTs representam uma nova forma de investir em arte digital exclusiva. Os NFTs permitem que os colecionadores possam adquirir obras de arte digitais únicas, registradas em uma blockchain, o que garante sua autenticidade e exclusividade.

Além disso, os NFTs podem representar uma forma de preservar a história da arte digital, registrando a proveniência e a propriedade das obras de arte digitais.

No entanto, os NFTs e a arte digital também geraram polêmicas e debates. Algumas pessoas questionam a validade da arte digital como forma de arte “real”, e outros questionam os altos valores de venda alcançados por algumas obras de arte digital, como foi o caso do NFT da obra de arte digital “Everydays: The First 5000 Days” do artista digital Beeple, vendido por US$ 69 milhões.

Apesar das polêmicas, não dá para negar que os NFTs representam uma nova forma de expressão artística e uma oportunidade para os artistas e colecionadores no mundo digital.

Com os NFTs, as obras de arte digitais podem ser valorizadas e comercializadas de forma exclusiva, garantindo sua autenticidade e exclusividade.

7 - Como Comprar Um NFT

NFT como comprar
Imagem de johnstocker - Freepik

Se você quiser comprar um NFT, existem várias plataformas online especializadas, como OpenSea, Nifty Gateway e SuperRare. Essas plataformas permitem que os usuários comprem e vendam NFTs, bem como interajam com a comunidade de criadores e colecionadores.

Para comprar um NFT, você precisará de uma carteira de criptomoedas e de uma quantidade suficiente de ether (ETH), que é a moeda utilizada na blockchain Ethereum. Depois de comprar ETH, você pode transferi-lo para sua carteira digital e usá-lo para comprar NFTs na plataforma de sua escolha.

Comprar um NFT pode parecer complicado à primeira vista, mas na verdade é um processo bastante simples. Abaixo, seguem alguns passos para ajudar a comprar um NFT:

1 – Escolha uma plataforma de mercado de NFTs: Existem várias plataformas de mercado de NFTs, como OpenSea, SuperRare e Nifty Gateway. Pesquise as plataformas disponíveis e escolha aquela que melhor atenda às suas necessidades.

2 – Abra uma conta: Após escolher a plataforma, abra uma conta. A maioria das plataformas permite que você se registre com seu endereço de e-mail ou uma conta do Google.

3 – Configure uma carteira cripto: Como os NFTs são baseados em blockchain, você precisará de uma carteira cripto para armazenar seus tokens. Algumas plataformas de mercado de NFTs têm sua própria carteira integrada, mas você pode usar qualquer carteira cripto compatível com a blockchain usada pelo NFT.

4 – Escolha um NFT: Navegue pela plataforma e escolha um NFT que você gostaria de comprar. Certifique-se de verificar a autenticidade do NFT e o histórico de vendas do artista.

5 – Faça uma oferta ou compre imediatamente: Dependendo da plataforma, você pode fazer uma oferta ou comprar o NFT imediatamente. Se fizer uma oferta, aguarde até que a oferta seja aceita pelo vendedor.

6 – Pague com criptomoedas: Ao comprar um NFT, você precisará pagar com criptomoedas. Certifique-se de que você tem a quantidade necessária de criptomoedas em sua carteira cripto e siga as instruções da plataforma para concluir a transação.

7 – Receba o NFT: Assim que a transação for concluída, você receberá o NFT em sua carteira cripto. Lembre-se de que o NFT é exclusivo e registrado na blockchain, o que significa que você é o único proprietário.

Lembre-se de que, como em qualquer compra de arte, é importante fazer sua pesquisa e escolher um NFT autêntico e de qualidade. Além disso, como as criptomoedas podem ser voláteis, é importante estar ciente dos riscos envolvidos em investir em NFTs.

8 - Como Transformar Sua Arte em Aquarela em NFT

NFT transforme suas artes
Imagem de macrovector - Freepik

Se você é um artista que cria obras de arte em aquarela e está interessado em transformar sua arte em NFT, aqui está um passo a passo para ajudá-lo:

1 – Escolha uma plataforma de mercado de NFTs: Existem várias plataformas de mercado de NFTs disponíveis, como OpenSea, SuperRare e Nifty Gateway. Pesquise as plataformas disponíveis e escolha aquela que melhor atenda às suas necessidades.

2 – Configure uma carteira cripto: Como os NFTs são baseados em blockchain, você precisará de uma carteira cripto para armazenar seus tokens. Algumas plataformas de mercado de NFTs têm sua própria carteira integrada, mas você pode usar qualquer carteira cripto compatível com a blockchain usada pelo NFT.

3 – Digitalize sua arte: Para transformar sua arte em NFT, você precisará digitalizá-la em alta resolução. Certifique-se de que a digitalização seja de alta qualidade e que capture todos os detalhes e cores da obra.

4 – Converta a imagem em um formato compatível com NFT: A maioria das plataformas de mercado de NFTs aceita imagens nos formatos JPG, PNG ou GIF. Certifique-se de que sua imagem esteja em um desses formatos.

5 – Crie seu NFT: Na plataforma escolhida, siga as instruções para criar seu NFT. Você precisará fornecer informações sobre a obra de arte, incluindo título, descrição e imagem.

6 – Defina um preço: Defina um preço para o seu NFT. Tenha em mente que o valor do NFT pode flutuar com base na demanda do mercado.

7 – Liste o NFT para venda: Após definir o preço, liste seu NFT para venda na plataforma escolhida.

8 – Aguarde pela venda: Aguarde até que seu NFT seja comprado. Seu NFT será registrado na blockchain e transferido para a carteira cripto do comprador assim que a transação for concluída.

Lembre-se de que, como em qualquer compra ou venda de arte, é importante fazer sua pesquisa e escolher uma plataforma de mercado de NFTs respeitável. Além disso, como as criptomoedas podem ser voláteis, é importante estar ciente dos riscos envolvidos em investir em NFTs.

9 - OpenSea

NFT - OpenSea

A OpenSea é uma das maiores e mais populares plataformas de NFTs. Ela permite que os usuários comprem e vendam NFTs em várias categorias, como arte, jogos, memes e música. Além disso, a OpenSea oferece ferramentas para os criadores de NFTs, como a criação de lojas personalizadas e a realização de leilões de arte.

OpenSea é uma das plataformas de mercado de NFTs mais populares atualmente. Fundada em 2018, a plataforma permite que artistas, colecionadores e entusiastas do NFT comprem, vendam e descubram uma ampla variedade de tokens não fungíveis.

Com sede em Nova York, a OpenSea é construída na blockchain Ethereum e oferece suporte para vários outros tipos de blockchain, incluindo Polygon, Klaytn, Binance Smart Chain, entre outros. A plataforma é acessível para usuários em todo o mundo e oferece uma ampla variedade de NFTs, incluindo arte digital, colecionáveis, jogos, domínios e muito mais.

Uma das principais vantagens da OpenSea é sua ampla variedade de NFTs disponíveis, com milhões de obras de arte e colecionáveis de artistas e colecionadores de todo o mundo.

A plataforma também oferece ferramentas úteis para artistas e criadores de NFTs, como a capacidade de personalizar a aparência de suas páginas de NFT e definir preços flexíveis para suas obras.

Além disso, a OpenSea oferece um processo de compra e venda de NFTs simples e seguro. Os usuários podem comprar e vender NFTs usando uma carteira cripto compatível, como MetaMask ou Coinbase Wallet, e todas as transações são registradas na blockchain para garantir transparência e segurança.

A OpenSea também tem uma forte comunidade de usuários, incluindo artistas, colecionadores e entusiastas de NFTs. A plataforma oferece recursos para ajudar os usuários a se conectarem e colaborarem, como grupos de discussão e fóruns.

Em resumo, a OpenSea é uma plataforma de mercado de NFTs confiável e bem estabelecida, que oferece uma ampla variedade de NFTs, ferramentas úteis para artistas e criadores de NFTs e um processo simples e seguro para compra e venda de tokens não fungíveis.

Conclusão

Concluindo, os NFTs são uma nova forma de arte e colecionismo digital, que está mudando a forma como as pessoas valorizam e percebem a arte digital. Com eles, é possível possuir e comercializar objetos digitais únicos e autênticos, garantidos por uma blockchain segura e descentralizada.

Ao longo deste conjunto de textos, exploramos o tema dos tokens não fungíveis (NFTs), desde a definição básica até o processo de compra e venda na plataforma OpenSea.

Os NFTs representam uma forma inovadora de propriedade digital, permitindo que artistas, colecionadores e entusiastas possuam itens digitais exclusivos e valiosos, como obras de arte, músicas e vídeos.

Embora a tecnologia por trás dos NFTs possa parecer complexa, as plataformas de mercado, como a OpenSea, tornam o processo de compra e venda simples e acessível. 

Os usuários podem comprar e vender NFTs usando uma carteira cripto compatível, e todas as transações são registradas na blockchain para garantir transparência e segurança.

Além disso, a ascensão dos NFTs criou uma nova economia para artistas e criadores, permitindo que eles monetizem sua arte e outros itens digitais de maneiras nunca antes possíveis.

Essa nova forma de propriedade digital tem o potencial de revolucionar a indústria da arte e a forma como as pessoas pensam sobre a propriedade digital.

Enfim, os NFTs são uma inovação na tecnologia blockchain, permitindo que as pessoas possuam itens digitais exclusivos e valiosos de uma forma que nunca foi possível antes.

As plataformas de mercado, como a OpenSea, tornaram o processo de compra e venda simples e acessível, criando uma nova economia para artistas e criadores.

Certamente, podemos esperar mais desenvolvimentos interessantes nesta área da tecnologia blockchain no futuro.

Você Também Pode Gostar