Decoração Industrial

20 janeiro 0 Comentários

Uma Estética Contemporânea e Urbana

Decoração Industrial
Imagem Sidekix Media na Unsplash

Introdução

O estilo industrial na decoração de interiores tem se destacado como uma escolha moderna e ousada, conferindo às casas uma atmosfera contemporânea e urbana. 

Inspirada nos antigos galpões industriais e fábricas, essa estética busca incorporar elementos brutos e funcionais, resultando em espaços cheios de personalidade.

Se você busca uma decoração que reflete o espírito urbano e contemporâneo, a estética industrial é a escolha certa. Neste artigo, exploraremos os elementos-chave e dicas para criar uma decoração industrial autêntica.

1. O Que é o Estilo Industrial no Design de Interiores?

Decoração Industrial
Imagem Adam Winger na Unsplash

No design de interiores, o estilo industrial busca criar espaços que expressem a autenticidade dos antigos ambientes industriais. Ele se destaca por utilizar materiais brutos, estruturas expostas e uma paleta de cores sóbria.

A funcionalidade e simplicidade dos móveis, aliadas a elementos decorativos únicos, contribuem para uma estética contemporânea e urbana. A iluminação desempenha um papel crucial, geralmente sendo caracterizada por luminárias pendentes com design industrial.


2. Materiais Raw e Estruturas Expostas: O que compõe o estilo industrial?

Decoração Industrial
Imagem Aaron Huber na Unsplash

O estilo industrial é composto por elementos que remetem aos antigos galpões e fábricas, buscando uma estética crua, funcional e autêntica. Materiais brutos como concreto, metal, tijolos e madeira desgastada são essenciais. Estruturas antes ocultas, como vigas e tubulações, são expostas para realçar a autenticidade industrial.

Móveis robustos, iluminação com design industrial e objetos vintage contribuem para criar um ambiente que reflete a essência urbana e contemporânea desse estilo.

A essência do estilo industrial reside, portanto, como já mencionado, na exposição de materiais brutos e estruturas antes ocultas. Elementos como concreto, tijolos, metal e madeira são fundamentais, evocando de maneira marcante a estrutura e arquitetura das antigas fábricas e galpões.

Esses materiais não apenas adicionam uma estética urbana e contemporânea, mas também contam a história da Revolução Industrial.

Durante esse período crucial da história, as fábricas eram o epicentro da produção, e a adaptação desses espaços para o design de interiores moderno é uma homenagem à era que moldou a forma como vivemos e trabalhamos.

Para saber mais sobre a origem do Estilo Industrial, leia o artigo: Decoração Industrial: Conceito, Características e Paleta de Cores.

O estilo industrial, ao incorporar esses elementos, conecta-nos visualmente ao passado enquanto mantém uma estética contemporânea e robusta.

Sendo assim, uma das maneira de se ter uma decoração industrial é permitir que as vigas de suporte fiquem visíveis, opte também por móveis com acabamento envelhecido e considere paredes de tijolos aparentes. Esses elementos adicionam uma autenticidade crua e urbana ao espaço.

3. Quais as cores usadas na decoração industrial?

Decoração Industrial
Imagem Keren Fedida na Unsplash

As cores na decoração industrial são predominantemente sóbrias e neutras, refletindo a paleta de materiais brutos. Tons de cinza, preto, branco e marrom são as escolhas comuns para paredes, móveis e objetos decorativos.

Essas cores ajudam a realçar a textura e a beleza dos materiais expostos, enquanto toques pontuais de cores mais vibrantes podem ser adicionados por meio de objetos decorativos para criar contrastes e pontos de destaque.

Dessa forma, na hora de escolher as cores para uma decoração industrial, opte  por uma paleta de cores sóbria e neutra para criar um ambiente industrial autêntico. Tons de cinza, preto, branco e marrom são ótimas opções de base para a construção dessa paleta.

Essas cores não apenas proporcionam um visual elegante, mas também destacam os materiais brutos presentes no ambiente.

Por fim, como já mencionado anteriormente, pequenos toques de cores mais vibrantes ou mesmo em tons pastéis, podem ser adicionados por meio de objetos decorativos para criar pontos de destaque e contraste.

4. Iluminação Industrial

Decoração Industrial
Imagem Nathan Van Egmond na Unsplash

A iluminação desempenha um papel crucial na decoração industrial. Luminárias pendentes com design industrial, lâmpadas de filamento exposto e arandelas metálicas são escolhas acertadas.

Além de iluminar o espaço de maneira eficiente, essas peças agregam um toque autêntico, destacando a beleza dos elementos industriais presentes na decoração.

5. Móveis Funcionais e Minimalistas

Decoração Industrial
Imagem Frankie na Unsplash

Os móveis industriais são conhecidos por sua funcionalidade e simplicidade. Opte por peças com linhas retas, estruturas metálicas e materiais robustos.

Mesas de jantar em madeira maciça com pernas de metal, estantes de aço e sofás de couro desgastado são excelentes escolhas. Esses móveis não apenas seguem a estética industrial, mas também são duráveis e práticos para o dia a dia.

6. Objetos Decorativos Únicos

Decoração Industrial
Imagem Doug Greenman na Unsplash

Para adicionar personalidade ao espaço, invista em objetos decorativos únicos e vintage. Engrenagens industriais, relógios de parede antigos, maletas de metal e mapas vintage podem se tornar pontos de destaque na decoração.

Esses detalhes garantem que o ambiente conte uma história, tornando-o mais autêntico e interessante.

7. Espaços Abertos e Integrados

Decoração Industrial
Imagem Derick McKinney na Unsplash

A estética industrial muitas vezes é associada a espaços abertos e integrados. Se possível, remova paredes não estruturais para criar uma sensação de amplitude. 

Isso não apenas contribui para a estética industrial, mas também permite uma melhor circulação de luz e ar, criando ambientes mais arejados e contemporâneos.

8. Qual estilo combina com industrial?

Decoração Industrial
Imagem Nathan Van Egmond na Unsplash

O estilo industrial combina especialmente bem com estilos que compartilham uma abordagem despojada e autêntica. O minimalismo, o estilo escandinavo e o rústico, por exemplo, podem ser integrados ao industrial para criar uma estética única e equilibrada.

A combinação do estilo industrial com uma decoração vintage ou toques de cores vibrantes também pode resultar em ambientes ecléticos e interessantes.

9. Como fazer uma decoração estilo industrial?

Decoração Industrial
Imagem Sidekix Media na Unsplash

Para criar uma decoração estilo industrial, comece escolhendo materiais brutos como concreto, tijolos aparentes e metal. Opte por móveis funcionais e minimalistas, com linhas retas e estruturas metálicas.

Exponha vigas e tubulações, se possível, para adicionar autenticidade ao espaço. Utilize iluminação com design industrial, como luminárias pendentes e lâmpadas de filamento. 

Adicione objetos decorativos únicos e vintage, como engrenagens industriais e relógios antigos. Mantenha uma paleta de cores sóbria, focando em tons neutros. Integre elementos de outros estilos, como o minimalismo ou o rústico, para criar uma decoração industrial única e personalizada.

Complemente sua leitura com o artigo: Qual A Diferença Entre Vintage E Retrô?

Conclusão

Em conclusão, a decoração industrial oferece uma estética contemporânea e urbana, celebrando a autenticidade dos materiais brutos e das estruturas expostas.

Ao seguir essas dicas e incorporar elementos-chave, você pode transformar sua casa em um espaço que reflete o espírito industrial, proporcionando uma atmosfera única e cheia de personalidade.

Você Também Pode Gostar